Ajudando os entes queridos idosos a se recuperarem da cirurgia: dicas e estratégias

Ajudando os entes queridos idosos a se recuperarem da cirurgia: dicas e estratégias

recuperar da cirurgia
À medida que nossos entes queridos envelhecem, é inevitável que eles enfrentem problemas de saúde que requerem intervenção médica, e a cirurgia é uma dessas intervenções. Embora a cirurgia possa salvar vidas, também pode ser uma experiência desafiadora para os idosos, principalmente durante a recuperação. As complicações pós-cirúrgicas podem variar de leves a graves, e é importante que os cuidadores entendam como cuidar adequadamente de seus entes queridos idosos durante esse período.

Cuidar de entes queridos idosos após a cirurgia requer paciência, compreensão e disposição para se ajustar às suas necessidades únicas. Com as dicas e estratégias certas, os cuidadores podem ajudar a garantir que seus entes queridos se recuperem sem problemas e com sucesso. Este artigo explorará dicas e estratégias úteis para apoiar os entes queridos idosos após a cirurgia, desde a preparação do ambiente doméstico até o gerenciamento de medicamentos e a prevenção de complicações. Seja você um membro da família ou um cuidador profissional, essas estratégias podem ajudar a tornar o processo de recuperação o mais confortável e sem estresse possível para seu ente querido idoso.

Dicas para ajudar os entes queridos idosos a se recuperarem da cirurgia

1. Fale com a equipe médica do seu idoso

Quando os idosos passam por uma cirurgia, um dos passos mais importantes que você pode tomar é se comunicar com uma equipe médica. Essa equipe incluirá cirurgiões, enfermeiros e outros profissionais de saúde envolvidos no cuidado de seu ente querido. Eles terão informações vitais sobre a condição de seu ente querido, requisitos de medicação e plano de recuperação pós-cirurgia.

Um aspecto crucial da comunicação com a equipe médica de seu idoso é entender claramente a lista de medicamentos. Isso inclui os nomes de todos os medicamentos, dosagens e instruções especiais. Também é uma boa ideia obter os detalhes de contato da equipe de cuidados de seu ente querido, caso precise contatá-los em caso de emergência.

Depois de revisar o plano de recuperação, não hesite em fazer perguntas adicionais que você possa ter sobre como melhorar o atendimento ao idoso. Algumas questões a serem consideradas incluem se há alguma restrição de atividade ou dieta, quais sinais e sintomas observar e quando fazer o acompanhamento com a equipe médica. Construir um relacionamento forte com a equipe médica de seu ente querido pode ajudá-lo a se sentir confiante em seu papel de cuidador e garantir que seu ente querido receba o melhor atendimento.

2. Faça uma lista de itens essenciais que seu idoso exigirá

recuperar da cirurgia

Quando a cirurgia estiver concluída e seu ente querido idoso receber o sinal de partida para voltar para casa, eles podem exigir itens adicionais para apoiar sua recuperação. Embora os medicamentos geralmente sejam uma prioridade, existem vários outros itens essenciais que você deve considerar para tornar a recuperação de seu ente querido o mais confortável e livre de estresse possível.

  • Seu ente querido pode precisar de uma cadeira de rodas ou de uma cama de hospital para apoiar a mobilidade e o descanso.
  • Meias de compressão e órteses para as pernas podem ser necessárias para promover um fluxo sanguíneo saudável e dar suporte à área afetada.

Reduzir o estresse também é crucial durante o processo de recuperação. Converse com os médicos para determinar quais itens são essenciais para a recuperação do idoso e faça uma lista desses itens. Isso ajudará a garantir que tudo esteja no lugar antes que o idoso volte para casa e pode ajudar a facilitar a transição.

3. Prepare a casa para o retorno de seu idoso

Voltar para casa após uma internação hospitalar pode ser opressor para os idosos. No entanto, você pode ajudar a facilitar a transição preparando a casa antes que eles cheguem. Você pode criar um ambiente confortável e seguro que promova a cura e a recuperação com alguns passos simples.

Aqui estão algumas dicas sobre como preparar a casa para o retorno do seu idoso:

  • Remova quaisquer riscos de tropeçar: Remova todos os tapetes, fios soltos ou desordem que possam representar um risco de tropeço para o seu ente querido idoso. Proteja qualquer carpete solto e assegure-se de que as passarelas estejam desobstruídas e bem iluminadas.
  • Faça as modificações necessárias no banheiro: Considerar instalação de barras de apoio próximo ao vaso sanitário e no chuveiro ou banheira para dar apoio e evitar quedas. Se o seu ente querido tiver dificuldade em passar por cima da banheira, considere instalar um assento de chuveiro ou uma banheira walk-in.
  • Crie uma área de dormir confortável e acessível: Certifique-se de que a cama esteja em uma altura fácil de entrar e sair e considere comprar uma grade para fornecer suporte extra. Certifique-se de que a sala esteja bem ventilada e tenha iluminação adequada.
  • Providencie qualquer equipamento necessário: Se seu ente querido precisar de algum equipamento médico, como cadeira de rodas, andador ou cama de hospital, certifique-se de que esteja pronto e esperando por ele quando chegar em casa. Certifique-se de que todos os medicamentos necessários também estejam prontamente disponíveis.
  • Planeje as escolhas alimentares com antecedência: Considerar preparar refeições para idosos com antecedência ou comprando refeições pré-preparadas que são fáceis de aquecer. Isso pode ajudar a garantir que seu ente querido receba uma nutrição adequada sem se preocupar em cozinhar ou fazer compras.

4. Cuide da saúde mental de seus idosos

cuide da saúde mental dos seus idosos

A recuperação de uma cirurgia pode prejudicar não apenas a saúde física de um indivíduo, mas também seu bem-estar mental e emocional. Para entes queridos idosos, a cirurgia pode ser especialmente desafiadora, pois eles podem sentir ansiedade, depressão e outros problemas de saúde mental em idosos. É por isso que cuidar da saúde mental de seu idoso durante o processo de recuperação é essencial para garantir um resultado bem-sucedido.

  • Incentive a interação social: A solidão e o isolamento podem piorar a saúde mental, por isso é crucial incentivar seu ente querido a se socializar com amigos e familiares. Se eles não puderem sair de casa, considere marcar visitas virtuais ou telefonemas com seus entes queridos.
  • Fornecer apoio emocional: Deixe seu ente querido saber que você está ao seu lado e ofereça apoio emocional durante esse período desafiador. Ouça suas preocupações e forneça palavras de encorajamento e positividade. Às vezes, apenas ter alguém com quem conversar pode fazer uma grande diferença em seu bem-estar mental.
  • Fornecer estimulação mental: A estimulação mental, como palavras cruzadas, quebra-cabeças e leitura, pode ajudar a manter a mente ativa e reduzir sentimentos de depressão e ansiedade. Considere fornecer ao seu ente querido livros, quebra-cabeças ou outras atividades mentalmente estimulantes de que ele goste.
  • Monitorar medicação: Alguns medicamentos podem causar ou piorar problemas de saúde mental, por isso é importante monitorar todos os medicamentos que seu ente querido está tomando e falar com o médico se notar alguma alteração em seu estado mental.

5. Acompanhe seu ente querido nas consultas de acompanhamento

Se você tem um ente querido idoso que passou recentemente por uma cirurgia, sabe como é importante garantir que ele tenha a melhor recuperação possível. Uma das maneiras de ajudar na recuperação deles é acompanhá-los consultas de acompanhamento com seu médico. Como cuidador principal, você pode fornecer detalhes sobre a saúde e a recuperação de seu ente querido, dos quais eles podem não se lembrar imediatamente quando o profissional de saúde mental fizer perguntas importantes.

Durante a consulta, é fundamental fazer anotações enquanto o médico fala. Isso pode ajudá-lo a acompanhar quaisquer medicamentos ou tratamentos de que seu ente querido precisa e ajudá-lo a lembrar-se de todas as instruções que o médico lhe der sobre sua recuperação. Além disso, se você tiver alguma dúvida, este é um bom momento para perguntar ao médico. O médico pode fornecer informações valiosas sobre a recuperação de seu ente querido e pode ajudar a resolver quaisquer preocupações que você possa ter. Ao acompanhar seu ente querido idoso às consultas de acompanhamento, você pode desempenhar um papel importante em sua recuperação.

6. Conheça as limitações de seu ente querido idoso

recuperar da cirurgia

Um dos passos mais importantes para ajudar um ente querido idoso a se recuperar de uma cirurgia é conhecer suas limitações. O médico deve fornecer informações detalhadas sobre as restrições pós-operatórias, incluindo atividades físicas, dieta e medicamentos. Seguir as recomendações do médico é crucial para garantir o melhor resultado possível para a recuperação do seu ente querido.

Atividade física é uma parte vital de uma recuperação saudável, mas é crucial evitar esforço excessivo. O médico do seu ente querido irá aconselhá-lo sobre a quantidade de atividade física adequada para ele após a cirurgia. Dependendo do tipo de cirurgia, pode ser necessário evitar certas atividades como levantamento de peso, flexão ou torção. É importante encorajar seu ente querido a seguir a terapia prescrita para ajudá-lo a recuperar a força e a mobilidade.

7. Tome nota do delírio hospitalar

A recuperação de uma cirurgia pode ser uma experiência desafiadora, especialmente para os idosos. Embora você possa estar focado na recuperação física, é importante observar um problema comum que pode afetar os idosos após a cirurgia: delírio hospitalar. Mesmo que seu ente querido idoso não tenha demência, ele pode ficar confuso após a cirurgia, tornando importante entender o que é delirium hospitalar e como reconhecê-lo.

O delirium hospitalar é um estado de confusão que pode ocorrer em idosos durante a hospitalização. Pode causar mudanças no comportamento, emoções e pensamentos. Delírio em Idosos pode ser causada por uma combinação de fatores, incluindo medicamentos, infecções, desidratação e outras condições médicas.

Você pode apoiar seu ente querido idoso e ajudar a controlar o delírio hospitalar:

  • Esteja na presença deles: Estar presente e atento ao seu ente querido pode proporcionar conforto e uma sensação de segurança. Visitas e interações regulares podem ajudar a evitar sentimentos de isolamento e confusão.
  • Conversando com a equipe de saúde: Se você notar mudanças no comportamento, emoções ou pensamentos de seu ente querido, fale com a equipe de saúde imediatamente. Eles podem avaliar a condição de seu ente querido e determinar a causa do delírio.
  • Promover um bom sono: Dormir é importante para a recuperação e pode ajudar a prevenir o delirium. Incentive seu ente querido a dormir à noite e ficar acordado durante o dia.

8. Peça ajuda profissional quando necessário

pergunte por profissional

Se você está cuidando de um idoso em recuperação de uma cirurgia, é importante pedir ajuda profissional quando necessário. Embora você possa fornecer alguma assistência, cuidadores profissionais e profissionais de saúde têm o treinamento e a experiência necessários para garantir que seu ente querido receba o melhor atendimento possível.

Aqui estão as razões pelas quais você pode querer considerar a ajuda profissional ao cuidar de seus idosos que se recuperam de uma cirurgia:

  • cuidadores profissionais pode ajudar nas tarefas diárias. Após a cirurgia, seu ente querido idoso pode precisar de ajuda para tomar banho, vestir-se e preparar as refeições. Um cuidador profissional pode ajudar nessas tarefas, garantindo que seu ente querido fique confortável e seguro durante a recuperação.
  • Os profissionais de saúde podem monitorar a saúde de seu ente querido. Durante a recuperação, é importante ficar de olho na saúde do seu ente querido. Os profissionais de saúde podem monitorar seus sinais vitais, acompanhar seu progresso e resolver problemas.
  • Cuidadores profissionais podem fornecer apoio emocional. A recuperação de uma cirurgia pode ser uma experiência estressante e emocional. Cuidadores profissionais podem oferecer apoio emocional e companheirismo, ajudando seu ente querido a se sentir mais confortável durante a recuperação.

Pensamentos finais

Cuidar de um ente querido idoso após a cirurgia pode ser uma experiência desafiadora e emocionante. No entanto, também pode ser recompensador com as estratégias e o suporte certos. Seguindo as dicas e estratégias descritas, os cuidadores podem ajudar seus entes queridos a ter um processo de recuperação bem-sucedido e sem estresse.

Embora você possa fornecer alguma assistência, é importante reconhecer quando precisa procurar ajuda externa de profissionais de saúde, como auxiliares de saúde em casa, fisioterapeutas ou terapeutas ocupacionais. Esses profissionais podem oferecer o atendimento especializado e o suporte necessário para uma recuperação plena e completa.

Também é importante priorizar o autocuidado como cuidador, incluindo pausas, busca de apoio emocional e manutenção da saúde física. Lembre-se de que cuidar é exigente e não há problema em pedir ajuda e apoio quando necessário.

A contratação de um cuidador profissional de uma agência de atendimento domiciliar confiável pode lhe dar a confiança e a tranquilidade de que você precisa para apoiar seu ente querido idoso durante a cirurgia e a recuperação. Uma empresa que fornece Serviços de Cuidados é Serenity Senior Care. Há anos auxiliamos clientes nas áreas que atendemos. Você pode Contate-nos no 973-338-0124 ou visite nosso site para saber mais sobre nossos serviços.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *